SÃO CARLOS CLUBE

DEPARTAMENTO GERAL DE ESPORTES

22º CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL MENOR 2017

REGULAMENTO

Art. 1º O São Carlos Clube, através de seu DEPARTAMENTO GERAL DE ESPORTES, realizará no período de 18 de Agosto a Dezembro de 2017, da abertura ao encerramento, o 22º CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL MENOR. Denominada “COPA NAKAL”

Art. 2º A organização, supervisão e realização do torneio ficarão sob a responsabilidade do Departamento Geral de Esportes do São Carlos Clube através da sua DIRETORIA DE FUTEBOL.

DAS INSCRIÇÕES

Art. 3º As inscrições serão realizadas na secretaria do São Carlos Clube no período de 18 à 30 de junho de 2017. Após esta data, os associados deverão permanecer na lista de espera podendo ocorrer de não serem aproveitados ao longo do torneio.

Art. 4º O 22º Campeonato Interno de Futsal e Society Menor será disputado por equipes masculinas e femininas nas categorias: society 2003/2004, 2005/2006, 2007/2008; futsal 2009/2010 e 2011/2012.

Art. 5º As equipes serão separadas pelos atletas sob a supervisão e orientação dos professores, para que haja equilíbrio na competição e cada uma terá 10 (dez) componentes de linha. Os goleiros serão livres e atuarão meio tempo de jogo em cada equipe em suas respectivas categorias. Exceto a categoria 2005/5006 que, caso houver necessidade, contará com a participação de 1(um) goleiro 2004.

Art. 6º Somente os organizadores do campeonato poderão acrescentar ou substituir inscrições de atletas.

Art. 7º O atleta poderá ser inscrito em apenas 1 (uma) equipe, não sendo permitida sua inscrição em outra equipe durante a competição, mesmo que sua equipe de origem seja eliminada da competição, cabendo punição aos infratores.

Art. 8º Quando da inscrição do atleta subentende-se que o mesmo tenha sido submetido a exame médico prévio, encontrando-se em estado de saúde satisfatório para a prática esportiva, isentando o clube de qualquer responsabilidade.

O São Carlos Clube não se responsabilizará por eventuais acidentes que possam ocorrer antes, durante e depois dos jogos, embora se empenhe ao máximo para atender o que possa ocorrer.


 

DA ORGANIZAÇÃO

Art. 9º O 22º Campeonato Interno de Futebol Menor seguirá as regras da Federação Paulista de Futebol Society (FPFS) para as categorias 2003 à 2008 exceto nos seguintes itens:

- sabendo que o lateral deve ser cobrado com a mão, somente na categoria 2007/2008 não haverá reversão, caso seja cobrado de forma incorreta. Porém o árbitro da partida retornará o lance mediando os atletas a cobrar novamente.

- todo tiro de meta pode ser cobrado com as mãos ou com a bola no chão e ser tocada com os pés em direção a meta adversária em um tempo máximo de 6 (seis) segundos. Em caso de saída incorreta não haverá reversão para nenhuma categoria.

- quanto aos cartões de advertência determina-se que:

Serão cumulativos e suspensivos na fase classificatória, zerando para as fases finais, somente para a categoria 2005/2006 e 2007/2008.

Nas categorias 2003/2004, 2005/2006 e 2007/2008 o atleta expulso deverá ser substituído e não poderá retornar neste jogo.

Na categoria 2003/2004 o atleta advertido que a cada soma de 2 (dois) cartões amarelos estará automaticamente fora do próximo jogo. O atleta advertido com catão vermelho também estará excluído do próximo jogo independente do julgamento.

- o tempo de jogo será de 40 (quarenta) minutos em 2 (duas) etapas de 20 (vinte) minutos cada;

-os professores Mônica de Paula e Renan Bedinotto serão os responsáveis em: mediar os atletas das equipes para que todos atuam em tempos iguais na partida; cronometrar as partidas realizadas no campeonato.

-cada atleta de sua equipe deverá ser responsabilidade durante o 22º Campeonato (de Agosto a Dezembro). Poderá faltar no máximo 3 (três) partidas no total, caso contrário os professores responsáveis permitirão sua saída, devolução do uniforme completo e substituição por outro associado interessado na lista de espera.

Art. 10 Cabe ao Diretor Geral de Esportes do São Carlos Clube constituir a Comissão Organizadora deste campeonato, ficando assim representada:

  • Diretor Técnico e Planejamento do Departamento Geral de Esportes – Profº Edison Martins Miron

  • Diretor de Futebol Menor –Walter Faria

  • Supervisor de Esportes – Profº Carlos Bedinotto

  • Coordenador de Esportes - Profº Eduardo Pedrosa

  • Professores observadores – Profª Mônica de Paula e Profº Renam Bedinotto.

Art. 11 A Comissão Organizadora é o órgão máximo durante a realização do campeonato e a ela compete:

- organizar os grupos das equipes participantes na forma dirigida ou por sorteio;

- elaborar as respectivas tabelas;

- adotar todas as providências de ordem técnica necessária à sua realização;

- aprovar ou não os jogos, após tomar conhecimento dos relatórios dos árbitros e dos observadores do São Carlos Clube;

- designar e alterar dia, hora e local das partidas em caso de necessidade comprovada.

Art. 12 Para o início da partida o número de atletas será de 5 (cinco) jogadores na linha e 1 (um) no gol. O número máximo de jogadores permitido será de 7 (sete) na linha 1 (um) no gol para todas as categorias.

Art. 13 Quando ocorrer expulsão em virtude de agressão a atletas, árbitros, mesários, dirigentes, etc., haverá julgamento pela Comissão Organizadora podendo ocorrer exclusão total do campeonato.

Art. 14 Para a realização das partidas os atletas de todas as equipes deverão estar devidamente uniformizados (camisa, calção e meias fornecidos pelos patrocinadores), sem o que sua participação não será autorizada. Será necessário também, a utilização de caneleira, tênis e/ou chuteira society, sem os quais não será permitida a participação do atleta.

Art. 15 Haverá tolerância de 15 (quinze) minutos para o início, somente, da primeira partida em cada rodada. Para as partidas seguintes, será obedecido o horário estabelecido na tabela do campeonato, sem haver tolerância.

Art. 16 Todos os participantes e/ou equipes que procurarem desvirtuar as finalidades do campeonato e que apresentarem protestos descabidos, críticas, calúnias e condutas antiesportiva (briga, tumulto e etc.), serão eliminados e julgados pela Comissão Organizadora.

Art. 17 Será declarada perdedora a equipe que se recusar sob qualquer pretexto a prosseguir na disputa de uma partida.

Art. 18 As decisões dos árbitros (erros de fato), são inapeláveis; suas decisões são finais.

Art. 19 Todos os participantes do 22º Campeonato Interno de Futebol Menor obrigam-se a respeitar os princípios disciplinares contidos neste regulamento.

Para as categorias 2009/2010 e 2011/2012 o Campeonato Interno será de futsal, com jogos realizados no ginásio de esportes do clube. Para as categorias 20011/2012 as partidas serão as terças-feiras das 18:30h as 19:40h e para as categorias 2009/2010 as partidas serão as quintas-feiras das 18:30h as 19:40h.

- Para o início da partida o número de atletas da categoria 2009/2010 será de 4 (quatro) jogadores na linha e 1 (um) no gol. Na categoria 2011/2012 o número de jogadores será de 5 (cinco) na linha 1 (um) no gol.

- o tempo de jogo será de 30 (trinta) minutos em 2 (duas) etapas de 15 (quinze) minutos cada.

Art. 20 O sistema de disputa para a categoria 2009/2010 e 2011/2012, será meramente recreativo havendo jogos entre todas as equipes seguindo a tabela. Nas categorias 2005/2006 e 2007/2008, será, turno e returno classificando-se as 4 (quatro) melhores equipes pelo critério pontuação (vitória 3 pontos e empate 1 ponto); semifinais com jogos de ida e volta entre os 1ºs e 4ºs colocados e 2ºs e 3ºs colocados, tendo vantagem de empate as melhores colocações. A disputa pelo 3º lugar será feita pelos perdedores das semifinais e o 1º lugar pelos vencedores, em jogos de ida e volta sem vantagens. Havendo igualdade nos jogos de volta, haverá cobranças de 5 (cinco) pênaltis alternados e se necessário 1 (um) alternado até que haja um vencedor.

Já na categoria 2003/2004 haverá o sistema de disputa de pontos corridos até na última data do campeonato (02 de dezembro). A equipe que realizar a maior pontuação no campeonato será consagrado campeão. Cada vitória a equipe receberá 3(três) pontos; o empate 1 (um) ponto e derrota 0 ponto.

Art. 21 Os critérios de desempate na classificação geral serão os seguintes:

  1. Maior número de vitórias;

  2. Confronto direto entre as duas equipes;

  3. Melhor saldo de gols;

  4. Maior número de gols marcados;

  5. Menor número de gols sofridos

  6. Menor número de cartões vermelhos tomados;

  7. Sorteio.

DA PREMIAÇÃO

Art. 22 O encerramento e a entrega de premiação nas categorias 2009/2010 e 2011/2012 serão realizados logo após ao término das partidas no ginásio no período da manhã. No período da tarde haverá a premiação para as categorias 2003/2004, 2005/206 e 2007/2008 em local ainda não definido pela diretoria.

Art. 23 A organização premiará todos os atletas das categorias 2009/2010 e 2011/2012 com troféus.

Art 24 As outras categorias terão as seguintes premiações, iguais para todas:

  • Campeão- troféus..

  • Vice-campeão- troféus.

  • 3º colocado- troféus..

  • Artilheiro da categoria– troféu.

  • Goleiros destaques– troféus.

Art. 24º Os casos omissos e eventuais sansões por desrespeito a este regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

DEPARTAMENTO GERAL DE ESPORTES

SÃO CARLOS CLUBE

São Carlos, julho de 2017


 


 


 

____________________ _____________________

Walter Faria Edison Martins Miron

Dir. Adj. Futebol Menor Dir. Geral de Esportes